Press "Enter" to skip to content

Resíduos domésticos: como tratar?

Wegho

Reduzir, reciclar e reutilizar. Neste artigo vamos focar-nos nos últimos 2 R’s, ou seja, como reciclar e reutilizar os resíduos domésticos. Mas já sabe, o primeiro “R” é o mais importante caso o seu objetivo seja ser bem amigo do ambiente. 

Devido ao que consumimos irá haver sempre algum desperdício, quer porque o material em questão não pode ser reaproveitado, quer pela falta de condições necessárias à sua volta para reciclar alguns materiais. Iremos explicar melhor esta questão mais à frente, num artigo onde dividimos os resíduos domésticos nas que são as 6 categorias mais comuns. 

1. Coloque os caixotes da reciclagem ao lado do de lixo normal 

Ao colocar os caixotes da reciclagem no mesmo local do lixo normal, deixamos de lado a preguiça de ter de ir a um sítio diferente para deixar os resíduos domésticos, como o plástico, o vidro e o papel. Estão mesmo ali ao lado, por isso não há desculpa para não o fazer.

Outro truque é ter alguém sempre responsável para levar a reciclagem até ao ecoponto, como forma de dividir e facilitar as tarefas domésticas por todos. 

2. Restos de comida

Todos os restos de comida de origem vegetal, cascas de ovos, sacos de chá e guardanapos usados, podem e devem ser colocados na compostagem. 

Se vive num apartamento, poderá não ter as melhores condições para o fazer. Mas o processo é muito simples. Num caixote vá depositando os resíduos por camadas. Uma camada verde e uma camada castanha. A camada verde são restos húmidos, como legumes. A camada castanha são restos secos como guardanapos usados ou folhas secas.

Com o tempo, microrganismos vão converter estes seus resíduos domésticos num substrato natural e rico em nutrientes para o solo. Tenha só em atenção para nunca depositar restos de carne, peixe ou algum alimento muito processado ou condimentado. 

3. Cápsulas de café reutilizáveis

As cápsulas de café não podem ser depositadas no ecoponto amarelo. O ideal, de forma a reduzir a quantidade de resíduos domésticos, seria optar por cápsulas reutilizáveis que encontra facilmente à venda online.

No entanto, caso opte pelas cápsulas tradicionais, verifique junto do fornecedor qual o seu programa de reciclagem. A Dolce Gusto, por exemplo, tem alguns contentores de recolha em supermercados. 

4. Óleos usados 

Os óleos que usa para cozinhar não precisam de ir pelo cano abaixo. Este é um daqueles resíduos domésticos que podem ser reutilizados para produzir outros materiais.

Tenha um recipiente lá em casa para ir juntando os óleos usados. Quando estiver cheio, leve-o a um ponto de recolha próprio. Caso este ponto de recolha não existir perto de si, verifique junta da sua câmara municipal ou da empresa responsável pelo tratamento de resíduos domésticos se fazem a recolha deste tipo de óleos. 

5. Pilhas, eletrodomésticos e lâmpadas

É fácil perder conta às pilhas que usamos e até onde as guardamos. O nosso conselho é que tenha sempre uma caixinha de cartão para guardar todas as pilhas usadas.

Quando estiver cheia e for às compras, leve-a consigo. Grande parte dos supermercados têm um pilhão e um ponto eletrão. Por isso caso tenha algum eletrodoméstico antigo, leve-o também consigo. E se este ponto eletrão tiver uma parte dedicada às lâmpadas, é aí que deve deixar as suas. 

6. Roupa, lençóis e outros tecidos 

Existem muitos contentores espalhados pelo país, quer junto aos contentores de reciclagem, quer em superfícies comerciais, onde pode depositar a roupa que já não usa.

As peças em bom estado poderão ser entregues a instituições de caridade ou o seu tecido pode ser reciclado. O mesmo com lençóis e outros tecidos, que apesar de não já usar, podem ver o seu tecido ser reciclado.

Existem ainda algumas lojas de roupa que têm programas de reciclagem de tecidos, onde pode levar o que já não usa.  

Por fim, reutilize o mais que puder

Os frascos de compota podem-se tornar facilmente o local onde guarda sementes ou frutos secos. Os frascos de salsichas podem dar em bons jarros de flores. Uma camisola velha torna-se facilmente num bom pano para limpar o pó e por aí fora.

Quanto a reutilizar, o limite é a imaginação. Tratar dos seus resíduos domésticos é na verdade bastante fácil, mas a preguiça e os velhos hábitos tendem a fazer muita força sobre nós. Insista nisto e torne-o parte da sua rotina. Irá ver que depois do primeiro mês, tratar corretamente dos seus resíduos domésticos será só mais um hábito de rotina. Mas um muito bom. 

Leve a organização e limpeza da sua casa para outro nível

Os profissionais de limpeza doméstica da Wegho tratam tanto da limpeza como da organização da sua casa. Tudo ao seu gosto, garantindo que todos os resíduos domésticos, havendo condições para tal, são tratados e divididos corretamente. Com a Wegho, poupa tempo e poupa o ambiente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *