Press "Enter" to skip to content

Isolamento térmico: a sua casa está bem isolada?

Wegho

Uma casa com um bom isolamento térmico é tão boa para a sua carteira, como para o seu conforto e para o ambiente. E é por isso que lhe colocamos a questão: a sua casa está bem isolada? 

Desde 1990 que existem leis específicas acerca do isolamento térmico de novas construções e que têm, até hoje, vindo a ser atualizadas. Se a sua casa data de uma altura anterior ou se ainda sente variações grandes de temperaturas, considere isolá-la ou melhorar o isolamento térmico existente.

Por onde se perde o calor da casa?

Segundo a entidade responsável pela certificação energética de edifícios, SCE – Sistema de Certificação Energética, a perda de calor na casa acontece da seguinte forma:

  • 32% através da cobertura;
  • 26% através da ventilação;
  • 23% através das paredes e portas;
  • 19% através das janelas.

Quais são os indicadores de um mau isolamento térmico?

Focos de humidade, fungos e bolores são indicadores da falta de um bom isolamento térmico. Se tudo estiver fechado e sentir correntes de ar em casa ou se existe condensação do ar nas janelas, também é sinal que o isolamento não é o melhor. E claro, a oscilação grande da temperatura dentro da casa – muito fria no Inverno e muito quente no Verão – é o indicador mais óbvio.

Onde posso melhorar o isolamento térmico da minha casa?

1. Comece pela cobertura

O calor tende a subir e a fugir pelo teto. É por isso que, por exemplo, em casas com um andar, o rés-do-chão é bem mais fresco no Verão do que o 1º andar.

Se não utiliza o sótão da casa, basta isolar ou melhor o isolamento térmico do teto e os acessos ao sótão/telhado. Caso utilize o sótão, o telhado também tem de ser isolado. 

2. Verifique se os locais por onde entra o ar estão isolados

Portas, janelas, soalhos, rodapés e chaminés: o ar pode passar por eles todos. E pior, com o tempo, podem surgir pequenas fendas ou frinchas aí em casa. Por isso, evitar a perda de calor através delas é essencial.

Barras de isolamento, fitas de calafetagem nas janelas ou o enchimento com massa de fendas no soalho são alguns dos métodos de isolamento térmico a utilizar.

Mas lembre-se, fechar todas as entradas de ar também não é saudável e leva à condensação do mesmo dentro de casa.

3. Poderá estar na altura de investir em vidros duplos

Até as janelas podem ser eficientes. Considere mudar as suas janelas para umas com um caixilho com corte térmico e com vidros duplos. Poderá melhorar o desempenho térmico desta parte da sua casa em 50%.

As janelas à venda no mercado, já estão etiquetadas com a respetiva classe energética, semelhante ao que vemos nos eletrodomésticos. Assim fica mais fácil escolher a janela com o melhor isolamento térmico.

4. Opte por isolantes térmicos melhores

Às vezes fugimos aos melhores materiais por serem mais caros. Mas a verdade é que a longo prazo, estes compensam.

Se não optou no passado por eles, ao melhorar o isolamento térmico lá de casa, considere materiais naturais como a cortiça, a lã de rocha ou a lã de vidro, que para além de serem bons isolantes térmicos, também têm um bom isolamento acústico e são resistentes ao fogo.

Quer melhorar o isolamento térmico de sua casa?

A Wegho tem profissionais experientes, prontos a ajudá-lo, a orçamentar e a encontrar a solução ideal para melhorar o isolamento térmico da sua casa.

E se o Outono já traz frio, o Inverno traz ainda a necessidade de maior conforto. Não perca mais tempo! Investir num bom isolamento térmico melhora a sua qualidade de vida e a longo prazo compensa financeiramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *