Press "Enter" to skip to content

Pintar a casa: saiba como e quando deve pintar paredes e tetos

Wegho

Pintar a casa não tem de ser uma dor de cabeça. Com os truques dos nossos profissionais, as paredes e os tetos da sua habitação vão ficar bonitas e sem grandes complicações. Passo a passo, a Wegho ajuda-o a tornar a sua casa totalmente a seu gosto. Mãos à obra?

Porque devo pintar a casa?

Ao contrário do que muitos pensam, pintar a casa é muito mais do que uma mera atitude decorativa, tanto a tinta quanto os outros produtos complementares na pintura cumprem diversas funções na proteção do seu imóvel.

A principal finalidade da tinta é proteger a superfície pintada. A alvenaria, por exemplo, quando exposta sofre com intempéries, com a humidade que provoca infiltrações e com a proliferação de mofos e bactérias que podem colocar em risco a saúde e o bem-estar da sua família. A tinta ainda protege a madeira de apodrecimento e as partes metálicas de corrosão aumentando a durabilidade e retardando o envelhecimento do seu imóvel.

Quando devo pintar a casa?

A melhor altura para pintar a casa é durante as estações mais quentes, ou seja, na Primavera ou no Verão. Deste modo, a tinta secará com mais facilidade e os espaços poderão ficar a arejar durante mais tempo, sem correr riscos de deixar entrar chuva em casa, ganhar humidade ou danificar todo o trabalho realizado.

Renovar a pintura periodicamente também é extremamente importante para uma boa manutenção das superfícies, e esse tempo pode variar de acordo com alguns fatores, tais como a poluição, a humidade do ar, e a necessidade de renovação e decoração do ambiente. Alguns especialistas aconselham a repintura em até 3 anos internamente e, no máximo, 5 anos externamente.

Materiais necessários para pintar a casa?

Comece por reunir todos os materiais necessários para pintar a casa e para proteger a mobília e o chão e para obter acabamentos de qualidade.

Deste modo, adicione ao cesto de compras rolos e extensores, pincéis, lixas, as tintas que deseja aplicar em casa, uma bandeja para as mesmas, um recipiente para misturar as tintas, fita crepe, escada, espátulas, panos húmidos e massa, primário, óculos e luvas de proteção.

Mãos à obra?

1. Liberte as divisões

Comece por libertar as divisões. Retire os móveis mais pequenos, espelhos, quadros, cortinados, tapetes e restante decoração. Cubra os restantes móveis, retire os interruptores com uma chave de fendas e tape os rodapés, portas e janelas com plásticos e fita crepe. Não há nada mais aborrecido do que ficar com o chão, portas, rodapés e móveis cheios de tinta. Agora que está tudo pronto, podemos avançar!

2. Limpe os tetos e as paredes antes de pintar

Pintar a casa não passa apenas por escolher a tinta que mais gosta e aplica-la nas superfícies. É necessário preparar os tetos e as paredes que irão receber as pinturas. Se o teto estiver pintado com cal, lave-o com água morna e sabão. Se verificar que a tinta está a lascar de ambas as superfícies, raspe os restos com uma espátula ou uma lixa própria e retire o pó com um pano húmido.

3. Conserte as falhas

Encha os buracos e as fissuras com a massa que comprou e aguarde que seque completamente para poder passar para a etapa seguinte: lixar. Para isso, só tem de pegar numa lixa e passar delicadamente sobre a massa que aplicou, de forma a tonar as superfícies lisas e uniformes.

4. Aplique o primário e a tinta

Dê, no mínimo, uma demão de primário para garantir que a tinta fica espalhada de forma regular e consistente. Enquanto o primário seca, misture as tintas até obter a cor desejada, caso seja necessário.

Utilize os pincéis para os pormenores, como os cantos onde os rolos não chegam e os locais mais delicados – rodapés, tomadas, interruptores, janelas, portas, etc.

Para obter uma pintura mais uniforme, utilize a técnica do “W”. Divida a parede em parcelas e desenhe um “W” na vertical para depois voltar a passar o rolo no sentido contrário, ou seja, desenhando um “M”. Esta técnica permite cobrir grande parte da superfície sem levantar o rolo e sem exagerar, por excesso ou por defeito, na quantidade de tinta aplicada.

Por vezes, são necessárias duas demãos, para garantir que a tinta fica bem espalhada.

A pensar contratar? A Wegho tem a solução ideal!

Se pintar a casa não é a sua praia, pode contar com a ajuda da Wegho. Composta por uma equipa de profissionais especializados em pintura interior, a Wegho dá uma nova vida à sua casa. Basta preencher este formulário de contacto para agendar uma visita de orçamentação a sua casa.

O serviço de Pintura Interior inclui o orçamento, o serviço de pintura realizado por profissionais do setor, proteção das divisões, mobiliário e pavimentos, execução dos serviços a tempo e horas, com agendamentos pré-acordados, de forma legal, segura, com fatura e garantia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *